segunda-feira, 28 de julho de 2008



TURMA BOLA CHEIA


Durante anos fiz a mesma dinâmica com pessoas de diferentes idades, classes sociais e formações...e esta é a 1ª Turma que não estoura nenhum balão.
A proposta era a seguinte: todos eram planetas, cada um com o seu balão...Foi estipulado que “Quem ficasse com o balão cheio era o astro”...
Todos ficaram e todos entenderam a mensagem.
Essa dinâmica reflete como é o pensamento holístico, ninguém precisa estourar o balão do outro para ser o astro, todos são astros.
Reflete a visão sistêmica, que rompe com os conceitos mecanicistas e competitivos, que fundamentaram a destruição ambiental.
Numa turma de adultos que freqüentavam um curso de pós-graduação em Recursos Hídricos (turma que fiz parte), foi feita a mesma proposta, porém foram colocados palitos de dente próximo àquelas pessoas... A arma conseguiu destruir todos os balões, primeiro a competição foi pelos palitos, quem pegava mais (para estourar mais), depois a correria para estourar o balão do outro e tentar, em vão, proteger o seu. Todos perderam, não sobrou nenhum balão (essa foi a turma “Bola vazia”).
Parabéns, crianças! As futuras gerações podem apresentar soluções e despertar consciências.


Roberta Roldão (Instrutora de dança, especialista em Recursos Hídricos e Direito Ambiental).

Nenhum comentário:

an DANÇAS

an DANÇAS
in lach in

Dança

Dança
Roberta Roldão

Arquivo do blog

Colaboradores